Pensamentos SUICIDAS? PARE e LEIA! Ainda dá tempo!

Você se considera uma pessoa inteligente, madura, bem relacionada, possui uma vida estável ou ainda que simples, as coisas parecem estar no lugar, família, amigos, projetos, enfim, uma vida normal?

Daí um belo dia se vê diante de um dilema, uma questão conflitante, talvez difícil inclusive de te permitir uma tomada decisão.

Seja nas áreas emocional, sentimental, carreira, família, este dia inevitavelmente chegará. A questão é, como lidar com os problemas sem ser engolido por eles?

Recentemente assisti triste, porém reflexiva, uma grande polêmica a respeito de alguns episódios de suicídio de chefes de família que sucumbiram á falta de perspectiva, problemas financeiros, familiares e deram fim as suas vidas e em alguns casos, levando consigo esposa e filhos.

Alguns destes, executivos de grandes organizações, cuja experiência e expertise lhes permitira um currículo invejável.  Outros, homens simples, com uma vida e trabalho que corroborava ao ambiente e rotina a qual estavam inseridos.

Mas afinal o que estas pessoas possuíam em comum?

“O pensamento em sua própria destruição surge quando a pessoa acredita que não há solução para seus problemas. Esse tipo de pensamento pode vir à mente em momentos de crise. A crise é identificada em meio á desorganização mental, estresse e sensação de incapacidade de solucionar os problemas da vida.

Pensar em suicídio não se refere apenas aos planos de morte, pensar em como seria bom se não estivesse vivo ou pensar em como seria se tivesse um botão de desligar a vida também seria um pensamento suicida.”

(Marisa Graziela – Psicologa )

Estudos apontam que apesar de alguns temperamentos possuírem uma indicação maior para este tipo de pensamento, ninguém está livre de tê-los.

Por isto é importante conhecer a si próprio, seu limites, fortalecer a mente através de ações e exercícios, trabalhar a auto motivação e principalmente reconhecer quando precisa de ajuda e aceitá-la.

Quando estava na prisão, em uma condição difícil e opressora, o Apóstolo Paulo escreveu uma carta aos Filipenses os encorajando para se manterem unidos e constantes. Na carta, Paulo alerta o povo para que mantivessem a calma mesmo diante de situações de conflitos e deu dicas, de como poderiam guardar a mente e manter-se focados no objetivo principal, mesmo estando abatidos e cansados.

Segue texto da carta de Paulo:

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco.

Filipenses 4:6-9

Se você passa por este momento de incertezas, medo, dúvidas, frustrações, vontade de desistir , DÊ MAIS UMA CHANCE A VOCÊ e a tudo que você ainda poderá viver e sequer tem ideia disso.

Pare! Respire e reflita nas palavras ditas pelo Apóstolo Paulo inspirado por Deus.

Foi o próprio Deus falando através dele. E acredite! Ele não se esqueceu de você, por isto você está aqui neste momento. Tendo a oportunidade de ser alcançado por este artigo.

Lute! Procure Ajuda Já!

E O QUE FAZER QUANDO PERCEBEMOS ESTE PENSAMENTO EM UM AMIGO OU FAMILIAR?

Não entrar em pânico! Pode ser importante falar com esta pessoa de forma tranquila. Faça-o saber que ele é importante e que há pessoas que se preocupam com ele. Convide-o para psicoterapia. Mesmo que você seja uma pessoa cuidadosa e saiba se relacionar muito bem, ainda assim devemos contar com atendimento psicológico profissional em casos como este. Muitas vezes o desejo declarado de suicídio pode se referir muito mais à necessidade de saber o quanto se é amado pelas pessoas próximas. Muitas vezes o que impera pode ser a necessidade em se perceber querido:

”Será que sentirão minha falta?” – Portanto ofereça tratamento.

Fique ligado! Pode ter alguém ao seu lado precisando de ajuda!

Abraço de 30 segundos em você!

Claudinha Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *